Geral

Semana do MEI movimenta Praça Ary Coelho, na Capital

Durante toda a manhã desta terça-feira, 2, quem esteve na Praça Ary Coelho pôde esclarecer dúvidas sobre abertura de empresa, formalização, regularização de débitos, alvará de funcionamento, acesso a crédito, abertura de conta, e outras questões com os 24 órgãos que fazem atendimento gratuito na Semana do Empreendedor Individual. O evento, realizado pelo Sebrae, acontece […]

Arquivo Publicado em 02/07/2013, às 17h39

None
399144546.jpg

Durante toda a manhã desta terça-feira, 2, quem esteve na Praça Ary Coelho pôde esclarecer dúvidas sobre abertura de empresa, formalização, regularização de débitos, alvará de funcionamento, acesso a crédito, abertura de conta, e outras questões com os 24 órgãos que fazem atendimento gratuito na Semana do Empreendedor Individual. O evento, realizado pelo Sebrae, acontece no local até sexta-feira, 5, das 8h às 17h.

“São mais de 48 mil empreendedores individuais registrados em Mato Grosso do Sul. E muita gente fecha a empresa por falta de informação sobre a dinâmica do mercado. O que o empreendedor precisa é de orientação e crédito”, ressaltou o diretor técnico do Sebrae, Tito Estanqueiro. Ele lembrou que somente na sede da instituição na Capital cerca de 200 clientes são atendidos por dia: “a maioria é empreendedor individual”, completou.

Amancio Nunes esteve na entidade de apoio às micro e pequenas empresas no mês passado e formalizou a empresa na área de comércio de roupas. Ele esteve bem cedo na Praça para esclarecer dúvidas. “Foi bom ter vindo aqui, faltavam ainda algumas documentações para conseguir comprar mercadoria fora do Estado”, disse.

O Cleiton José de Oliveira ainda sonha com o próprio negócio. Ele não revela a novidade, mas promete trazer um produto inovador para Campo Grande. Ele esteve na Semana do MEI e foi atendido pela equipe das incubadoras municipais. “Quero contar com esse apoio das incubadoras para iniciar meu negócio”, diz.

Situação diferente da dona Maria Antônia da Silva, que já colhe os frutos da formalização. Ela se registrou em 2011 como empreendedora individual na área de construção civil. “A empresa cresceu depois que me formalizei e agora vou precisar migrar para microempresa”, expõe. Com o aumento na clientela, ela precisou contratar mão de obra e já está com seis funcionários.

A Semana do Empreendedor Individual oferece programação com palestras e oficinas sobre vendas, controles financeiros, benefícios de se formalizar, acesso a linhas de financiamento, licenças ambientais, entre outras. São 20 turmas de orientações coletivas por dia.

Além disso, os atendimentos individuais contam com a participação de técnicos do Sebrae, Sesau, Semre, Semadur, Sedesc, Fundac, Funsat, Credigente, Receita Federal, Incubadora Municipal, Caixa, Sicredi, Banco da Gente, Banco do Brasil, Bradesco, Sesc, Apecsul, Senac, Amems, Sindiprocab-MS, ACICG, Sescon-MS, Banco do Brasil.

A participação em todas as atividades do evento é gratuita. Mais informações pela Central de Atendimento do Sebrae pelo 0800-570-0800.

Jornal Midiamax