Geral

Sem seguro, Porsche de R$ 330 mil é roubado em São Paulo

Um empresário de 50 anos teve uma arma apontada para a cabeça enquanto um assaltante levava seu Porsche Boxter S anteontem à tarde. Segundo a vítima, que pediu para ter o nome preservado, o bandido anunciou o assalto e lhe apontou um revólver calibre 38 após ele parar para atender o celular em uma rua […]

Arquivo Publicado em 04/11/2013, às 11h49

None

Um empresário de 50 anos teve uma arma apontada para a cabeça enquanto um assaltante levava seu Porsche Boxter S anteontem à tarde.

Segundo a vítima, que pediu para ter o nome preservado, o bandido anunciou o assalto e lhe apontou um revólver calibre 38 após ele parar para atender o celular em uma rua da Aclimação, na região central de São Paulo, por volta das 17h de sábado.

Nenhum suspeito foi identificado. O carro, que vale cerca de R$ 330 mil, não tinha seguro e não havia sido encontrado até ontem.

O homem estava com a capota do carro conversível aberta quando foi rendido. “Ele [assaltante] encostou a arma na minha cabeça e disse: ‘Desce, senão eu te mato’. Eu estava sozinho e saí do carro sem reagir”, afirmou.

Antes de fugir, o suspeito ainda pegou o relógio e o celular da vítima. O empresário mora em Moema, zona sul, e estava ali a passeio.

Ele disse que os vendedores da loja onde comprou o carro importado sugeriram não ser necessário fazer um seguro para o veículo.

SEM SEGURO

“Meus filhos até me perguntaram se eu não tinha medo de andar sem carro blindado. Mas o comprei para lazer e não pensei que roubariam um carro difícil de ser repassado”, afirmou.

Os policiais que investigam o caso disseram a ele que o bandido terá dificuldade para vender as peças do carro devido ao mercado restrito.

Eles acreditam que o veículo será abandonado pela cidade nos próximos dias.

Ao ser questionado sobre a criminalidade em São Paulo, o empresário disse que está surpreso com a ousadia dos bandidos. “Estamos vivendo em total descontrole. Agora, eles roubam até um carro que chama atenção em plena luz do dia. Isso é muita cara-de-pau.”

Jornal Midiamax