Geral

Saúde convoca população a participar do enfrentamento à dengue em Três Lagoas

Secretária de Saúde, Eliane Brilhante, alerta que maioria dos focos de criadouros do mosquito está dentro e nos quintais das residências

Arquivo Publicado em 25/01/2013, às 14h51

None
1646187685.JPG

Secretária de Saúde, Eliane Brilhante, alerta que maioria dos focos de
criadouros do mosquito está dentro e nos quintais das residências

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretária Municipal de Saúde Pública, Eliane Brilhante, voltou a convocar toda a população a participar das ações de enfrentamento à dengue.


A principal e mais eficaz dessas ações é localizar, retirar e eliminar o maior número possível de focos criadouros do mosquito Aedes Aegypti, antes que ele prolifere e se transforme em perigoso vetor da dengue.


“Nesta luta contra a dengue, precisamos da colaboração e ações concretas de todos os moradores de Três Lagoas, porque a maioria dos focos criadouros do mosquito da dengue está dentro e nos quintais das residências”, alertou Eliane Brilhante.


A secretária tem orientado os Agentes de Endemias e os Agentes de Educação em Saúde, nas visitas que fazem periodicamente às residências, que “as pessoas da casa participem junto na busca, localização e retirada dos focos criadouros do mosquito”, observou.


“É importante que nossa população se conscientize dessa responsabilidade que é de todos, para que não surja nova epidemia de dengue em Três Lagoas, a exemplo do que vem ocorrendo em Campo Grande e outros municípios de Mato Grosso do Sul”, alertou Eliane Brilhante.


“Todos temos que estar envolvidos nas ações de enfrentamento à dengue, a começar nas nossas casas e nos nossos quintais. Essa atenção deve ser todos os dias. Se não fizermos isso, serão em vão as ações que as equipes da Secretaria de Saúde e da Secretaria de Obras estão realizando em conjunto na Cidade”, comentou.


“Se cada um cuidar de sua casa e do seu quintal, temos condições de eliminar os criadouros de mosquito e afastar o perigo de epidemia de dengue em Três Lagoas. Qualquer descuido pode resultar em efeitos incalculáveis no aumento dos casos da doença”, alertou Eliane Brilhante.


CASOS DE DENGUE


Nas três primeiras semanas de 2013, a cada semana foi registrado aumento no número de casos de dengue em Três Lagoas. O acumulado do ano chegou a 94 casos notificados, sendo três já confirmados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) de Mato Grosso do Sul e dois também já foram descartados.


A evolução dos casos notificados de dengue foi a seguinte: na primeira semana (13); segunda semana (25); e na terceira semana, encerrada no dia 19 último, foram notificados 56 novos casos.


“Os números de casos notificados de dengue, apesar de estarem subindo, estão em patamares ainda baixos e sob nosso controle. Isso não quer dizer que podemos cruzar os braços. Pelo contrário, temos que nos unir, já que foi verificado, por meio dos dados do LIRA (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti), que são muitos os criadouros do mosquito em Três Lagoas”, observou a secretária de Saúde.


“Onde existe o criadouro do Aedes Aegypti, existe o perigo de dengue para o pai e mãe de família, o trabalhador e trabalhadora, pessoas idosas, estudantes e nossas indefesas crianças”, alertou Eliane Brilhante.


“Por isso, não dá para permanecer alheio a esse perigo e cruzar os braços nessa responsabilidade que é de todos nós”, completou a secretária de Saúde de Três Lagoas.

Jornal Midiamax