Geral

Saga no Facebook tenta localizar dono de aliança achada no centro de Campo Grande

Várias possibilidades podem passar pela cabeça de quem se depara com uma aliança jogada ao chão. Uma separação, um desentendimento ou apenas um descuido foram as alternativas que a gerente de mídias sociais, Tatiana Marin, 37 anos, levantou na sexta-feira (1) quando encontrou um anel na rua Treze de Junho, entre avenida Afonso Pena e […]

Arquivo Publicado em 04/11/2013, às 18h34

None
1810259149.jpg

Várias possibilidades podem passar pela cabeça de quem se depara com uma aliança jogada ao chão. Uma separação, um desentendimento ou apenas um descuido foram as alternativas que a gerente de mídias sociais, Tatiana Marin, 37 anos, levantou na sexta-feira (1) quando encontrou um anel na rua Treze de Junho, entre avenida Afonso Pena e rua 15 de Novembro.


“Eu estava saindo de um restaurante onde fomos comemorar meu aniversário, e quem viu foi meu filho de seis anos. Então eu peguei e vi o que estava escrito”, afirma. As informações encontradas no interior do anel foram o nome Camila e a data de 20/03/2013. Devido ao nome, Tatiana teve a certeza que quem perdeu o objeto foi um homem.


“Era por volta das 12h30 e não havia ninguém por perto para perguntar. Pensei em deixar lá. Vai que a pessoa perdeu e volta para buscar, pensei”, relata. Pensando no valor sentimental do anel, a gerente levou a objeto para casa e postou a foto nesta segunda-feira (04) no site de relacionamento, Facebook, na esperança do dono aparecer.


Tatiana afirma que não acredita que vai encontrar o dono, mas resolveu tentar. “Isto é algo que significa a união de duas pessoas. Se fosse eu que tivesse perdido, ficaria triste e gostaria que alguém me entregasse” afirma.



Jornal Midiamax