Geral

Ruben Figueiró confirma licença de Russo e deve assumir senado dia 30

licença de Russo e deve assumir senado dia 30

Arquivo Publicado em 22/01/2013, às 16h30

None
1981372372.jpg

licença de Russo e deve assumir senado dia 30

Suplente do senador Antônio Russo (PR), Ruben Figueiró de Oliveira (PSDB) confirmou, nesta terça-feira (22), nova licença do titular e prevê sua posse no próximo dia 30 para garantir participação na votação da nova Mesa Diretora do Senado, em primeiro de fevereiro.


Segundo Figueiró, na última quinta-feira (17), um filho de Russo, por telefone, anunciou para hoje a formalização de uma nova licença do parlamentar. “Dias antes, fui comunicado pelo senador sobre a intenção de afastar-se por quatro ou seis meses”, detalhou.


Confirmada a formalização da licença nesta terça-feira, Figueiró trabalha para assumir o mandato dia 30 de janeiro. “Assim seria possível votar na eleição da Mesa Diretora dia primeiro de fevereiro”, explicou.


Se convocado, ele prometeu “servir o Estado e o País”. “Serei um peão do povo no Senado”, declarou o suplente. “Como fazendeiro sei da importância do peão”, emendou


Por telefone, a assessoria de Russo em Brasília não confirmou novo pedido de licença. “Até agora, não formos comunicados”, disseram. Em julho de 2012, Russo sofreu AVC (Acidente Vascular Cerebral) e acumula três licenças.


O suplente só não assumiu antes porque, pelo regimento interno do Senado, ele é convocado quando a licença atingir 120 dias. No caso de Russo, os pedidos anteriores somaram 110 dias, mas o afastamento ultrassou o prazo, somando-se período de recesso e faltas.


Trajetória política


Figueiró iniciou suas atividades parlamentares como deputado estadual pelo Mato Grosso em 1970 e foi reeleito em 1974. Com a criação do Estado de Mato Grosso do Sul, virou deputado federal. Em 1982 e 1986, reelegeu-se.


Além disso, foi titular da Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Jornal Midiamax