Geral

Roubo de gado termina com 16 mortos no centro da Nigéria

Dez membros de uma mesma família foram mortos por homens armados no centro da Nigéria, nesta quinta-feira – informou a Polícia, que matou seis assaltantes. O grupo é suspeito de roubar gado na região. “Ladrões de gado, sem dúvida, da etnia Fulani, atacaram o povoado de Kukek”, disse o chefe da polícia do estado do […]

Arquivo Publicado em 10/10/2013, às 20h38

None

Dez membros de uma mesma família foram mortos por homens armados no centro da Nigéria, nesta quinta-feira – informou a Polícia, que matou seis assaltantes.


O grupo é suspeito de roubar gado na região.


“Ladrões de gado, sem dúvida, da etnia Fulani, atacaram o povoado de Kukek”, disse o chefe da polícia do estado do Plateau, Chris Olakpe.


“Eles mataram dez membros de uma mesma família. Seis assaltantes foram abatidos pelas forças de segurança”, completou Olakpe.


Vários moradores ficaram feridos no ataque, nesta quinta de manhã, à casa de um homem que possuía cerca de 50 cabeças de gado, disse Olakpe.


A imprensa local divulgou um registro de 21 mortos.


Centenas de pessoas foram mortas nos últimos anos no estado de Plateau, vítimas da violência intercomunitária, sobretudo de caráter étnico e religioso.


Os nômades da etnia Fulani são majoritariamente muçulmanos.

Jornal Midiamax