Geral

Rogério Ceni adia aposentadoria e renova com o São Paulo por um ano

O goleiro Rogério Ceni desistiu da aposentadoria no fim deste ano e firmou um novo contrato com o São Paulo. Prestes a completar 41 anos de idade, o capitão da equipe jogará até o fim de 2014, por mais uma temporada. O acordo foi firmado entre o goleiro e o presidente Juvenal Juvêncio. Juvenal foi […]

Arquivo Publicado em 07/12/2013, às 14h50

None
1641187629.jpg

O goleiro Rogério Ceni desistiu da aposentadoria no fim deste ano e firmou um novo contrato com o São Paulo. Prestes a completar 41 anos de idade, o capitão da equipe jogará até o fim de 2014, por mais uma temporada. O acordo foi firmado entre o goleiro e o presidente Juvenal Juvêncio.


Juvenal foi ao CT da Barra Funda na manhã deste sábado para definir o acordo. O contrato já tinha sido apresentado ao goleiro, e era aguardado pelo presidente com a assinatura para firmar o prolongamento.


No encontro, as partes conversaram e definiu-se a permanência do capitão até o fim de 2014.


O anúncio sobre a definição de Ceni se arrastou desde o meio do ano. O goleiro já havia definido que esta seria sua última temporada como jogador, mas repensou a decisão a partir do mau momento do São Paulo no Brasileirão – Ceni não queria ficar marcado pelo ano de crise em sua despedida. Depois, o sentimento de otimismo com a boa fase, após a chegada de Muricy Ramalho, fez com que o capitão mudasse de ideia.


Quem liderou a campanha pública pela renovação de Rogério Ceni foi o técnico Muricy Ramalho, primeiro que o liberou para cobrar faltas e amigo pessoal após anos de trabalho. O treinador disse ao goleiro e à diretoria que gostaria de mantê-lo em 2014.


Ceni não vinha conversando sobre qual seria sua decisão, e dava poucas pistas. Nem os mais próximos sabiam qual seria sua decisão. A diretoria do São Paulo recebeu sinal positivo do goleiro nessa semana, mas ainda tinha dúvidas sobre qual seria o anúncio.

Jornal Midiamax