Geral

Renan prepara para terça o anúncio de corte de despesas no Senado

Crivado de notícias negativas, Renan Calheiros (PMDB-LA) tentará se reposicionar nas manchetes. Prepara para terça-feira (19) o anúncio de um corte de despesas no Senado. Hoje, o orçamento anual da Casa é de cerca de R$ 3,2 bilhões. De volta do feriadão de Carnaval, Renan ajusta com assessores, neste final de semana, o tamanho da […]

Arquivo Publicado em 17/02/2013, às 14h06

None

Crivado de notícias negativas, Renan Calheiros (PMDB-LA) tentará se reposicionar nas manchetes. Prepara para terça-feira (19) o anúncio de um corte de despesas no Senado. Hoje, o orçamento anual da Casa é de cerca de R$ 3,2 bilhões. De volta do feriadão de Carnaval, Renan ajusta com assessores, neste final de semana, o tamanho da lâmina.


Em reunião marcada para a tarde de terça, o senador submeterá os números aos colegas que dividem com ele a Mesa diretora. Será o primeiro encontro do gênero desde que Renan foi devolvido à presidência do Senado, há 17 dias. Afora a lipoaspiração orçamentária, ele deve formalizar a criação do órgão que prometera: a Secretaria de Transparência. Segundo diz, sem custos.


Nesta segunda (18), Renan reúne-se com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Vão discutir o que fazer com o Orçamento da União de 2013, soterrado desde o final do ano passado por um monturo de mais de 3 mil vetos presidenciais.


São grandes as chances de ser adiada a sessão do Congresso que Renan havia convocado para esta terça. Antes apressado, o Planalto agora conspira para adiar a votação do Orçamento. Tenta arrancar do plenário do STF uma decisão que atenue os riscos de derrubada de vetos que onerariam o Tesouro em até R$ 470 bilhões. A votação é secreta. E o governo não parece confiar na sua tropa.

Jornal Midiamax