Geral

Radares e lombadas entram em funcionamento na BR-163

Para reduzir o número de acidentes, o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes) instalou diversos dispositivos eletrônicos de controle de velocidade ao longo da BR-163 em Mato Grosso do Sul. Na região Cone Sul do Estado os dispositivos, instalados em pontos estratégicos, já foram colocados em funcionamento. Ao longo da rodovia, cuja velocidade máxima […]

Arquivo Publicado em 25/06/2013, às 13h36

None

Para reduzir o número de acidentes, o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes) instalou diversos dispositivos eletrônicos de controle de velocidade ao longo da BR-163 em Mato Grosso do Sul.

Na região Cone Sul do Estado os dispositivos, instalados em pontos estratégicos, já foram colocados em funcionamento.

Ao longo da rodovia, cuja velocidade máxima é de 100 quilômetros por hora para carros de passeio e 80 km/h para veículos de carga, foram instalados diversos radares fixos.

Já nos trechos rodovia federal que cortam perímetros urbanos, como é o caso de Caarapó e Mundo Novo, por exemplo, foram instaladas lombadas eletrônicas.

A velocidade máxima permitida nas lombadas varia entre 60 a 40 quilômetros por hora. A lombada instalada no perímetro urbano de Mundo Novo, por exemplo, tem velocidade controlada de 40km/h.

Já outra instalada logo adiante, na saída para quem segue em direção ao estado do Paraná, apesar de já estar fora do perímetro urbano, a velocidade de segurança foi delimitada em apenas 60 quilômetros por hora.

Todos os pontos de controle de velocidade são devidamente sinalizados com placas de advertência sobre a existência de fiscalização eletrônica.

Jornal Midiamax