Geral

Quatrocentas mil aves serão sacrificadas no México por surto de gripe aviária

Mais de 400 mil aves terão que ser sacrificadas por causa do surto de gripe aviária em Guanajuato, declarou neste sábado o governador desse estado do centro do México, Miguel Márquez. O governador declarou em entrevista a meios locais que não há motivo para que a especulação gere um aumento nos preços da carne de […]

Arquivo Publicado em 17/02/2013, às 00h03

None

Mais de 400 mil aves terão que ser sacrificadas por causa do surto de gripe aviária em Guanajuato, declarou neste sábado o governador desse estado do centro do México, Miguel Márquez.

O governador declarou em entrevista a meios locais que não há motivo para que a especulação gere um aumento nos preços da carne de frango e dos ovos.

Márquez acrescentou que o surto “está muito focalizado, controlado”, pois as autoridades federais e estaduais tomaram as medidas oportunas para que a doença não se espalhe.

Perguntado sobre que medidas seriam tomadas no caso de os comercializadores de carne de frango e ovos começarem a subir desmesuradamente os preços, Márquez respondeu: “Não vai ser permitido, para isso há a Procuradoria Federal do Consumidor e estaremos de olho”.

Em junho do ano passado foi registrado um surto da doença que levou as autoridades e produtores a sacrificar mais de 22 milhões de aves, e a aplicação de mais de 140 milhões de vacinas em uma área avícola no estado de Jalisco.

Jornal Midiamax