Geral

PSOL decide não participar de encontro com Dilma

Primeiro partido da oposição a ter reunião marcada com a presidenta Dilma Rousseff, o PSOL decidiu não participar do encontro, que estava previsto para hoje (31). Em nota, o presidente do PSOL, deputado Ivan Valente (SP), informou que não foi possível reunir a executiva para deliberar sobre o assunto e que, por isso, representantes do […]

Arquivo Publicado em 01/07/2013, às 18h04

None

Primeiro partido da oposição a ter reunião marcada com a presidenta Dilma Rousseff, o PSOL decidiu não participar do encontro, que estava previsto para hoje (31). Em nota, o presidente do PSOL, deputado Ivan Valente (SP), informou que não foi possível reunir a executiva para deliberar sobre o assunto e que, por isso, representantes do partido não iriam ao encontro. Segundo Valente, o objetivo do PSOL é apresentar uma plataforma de prioridades à Presidência da República.


O encontro de Dilma com os líderes do PSOL na Câmara, Ivan Valente, e no Senado, Randolfe Rodrigues (AP), chegou a ser incluído na agenda da presidenta, que, mais tarde, foi alterada, permanecendo apenas a reunião com o parlamentar amapaense. A assessoria do senador informou que ele participa da reunião, marcada para esta tarde, sem representar o partido.


Esta é a primeira vez que a presidenta Dilma Rousseff convida para um encontro um partido de oposição. Motivada pelas manifestações que se espalharam pelo país, a presidenta tem se reunido com representantes de movimentos sociais para ouvir as demandas. A Presidência da República deverá convidar outros partidos da oposição para discutir, entre outros assuntos, a proposta de plebiscito sobre a reforma política.

Jornal Midiamax