Geral

Prefeitura diz que Homex deu ‘calote’ e vai buscar recursos próprios para concluir escola

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da assessoria de imprensa, alegou que a responsabilidade do pagamento da obra de escola abandonada é da Homex, empreiteira instalada na região. E como a empresa, que está em dificuldades financeiras não repassou metade do dinheiro, o município vai buscar recursos próprios para concluir a obra. Segundo a nota […]

Arquivo Publicado em 27/06/2013, às 18h03

None

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da assessoria de imprensa, alegou que a responsabilidade do pagamento da obra de escola abandonada é da Homex, empreiteira instalada na região. E como a empresa, que está em dificuldades financeiras não repassou metade do dinheiro, o município vai buscar recursos próprios para concluir a obra.


Segundo a nota oficial, “escola no Varandas dos Campos é a contrapartida da empresa Homex, conforme exigido pela legislação municipal para empreendimentos residenciais em Campo Grande”.


A prefeitura ainda afirma que fez a licitação para a execução da obra, porém a Homex deveria repassar os R$ 4,7 milhões para a construção da escola com 12 salas de aula, com quadra coberta.


Segundo a administração municipal, a Homex repassou 2,4 milhões e parou o repasse. Por isso, as obras foram paralisadas.


“A Semed já identificou a necessidade de escola no local, considerando que já tem moradores nas casas entregues pela Homex. Por isso, está viabilizando recursos próprios no valor de R$ 2,3 milhões para poder concluir a obra até o final de 2013”, finaliza a nota oficial.

Jornal Midiamax