Geral

Prefeitura de Campo Grande atende 125 mil pessoas nas unidades de saúde

Em 25 dias de trabalho, as unidades de saúde pública de Campo Grande atenderam aproximadamente 125 mil pessoas, essenciais no combate à dengue, conforme informações do prefeito Alcides Bernal (PP). Ele credita o número às mudanças implementadas pela administração municipal, como a alteração de horários de atendimentos. “Com a abertura das unidades em horários especiais […]

Arquivo Publicado em 27/01/2013, às 16h41

None

Em 25 dias de trabalho, as unidades de saúde pública de Campo Grande atenderam aproximadamente 125 mil pessoas, essenciais no combate à dengue, conforme informações do prefeito Alcides Bernal (PP). Ele credita o número às mudanças implementadas pela administração municipal, como a alteração de horários de atendimentos.


“Com a abertura das unidades em horários especiais e no fim de semana, conseguimos atingir 125 mil atendimentos. Significa que milhares de vidas puderam ser salvas. O planejamento está surtindo efeito”, disse Bernal.


O prefeito ressaltou ainda que os resultados obtidos desde o início da ação têm sido positivos, no momento em que sem essas ações imediatas, a cidade poderia estar enfrentando uma situação ainda pior no que diz respeito à dengue. No período de 1º a 24 de janeiro, Campo Grande já notificou 13.425 casos suspeitos de dengue.  “A população já identificou a gravidade da situação e vejo que grande parte abraçou a causa conosco e está enfrentando a dengue junto com o poder público”, avaliou Bernal


Outra ação destaca por Bernal foi a contratação de 100 médicos para trabalhar na saúde pública municipal. No sábado (26), a prefeitura lançou ainda um novo projeto, a Equipe Móvel de Saúde, que dispõe de onze profissionais médicos para atendimento imediato à população. O anúncio foi feito no Parque Jacques da Luz, nas Moreninhas, durante evento de lançamento do mutirão do programa Saúde em Ação daquela região e da Gincana Municipal Saúde em Ação/2013.


A Equipe Móvel de Saúde, com o auxílio de três veículos, poderá ser deslocada para as unidades que estiverem com alta demanda desafogando o atendimento. Para o prefeito, a ação, significa um passo importante para a melhoria da qualidade no atendimento da saúde em Campo Grande.

Jornal Midiamax