Geral

Prefeitos vão às urnas para escolher novo presidente da Assomasul

Passados 10 anos sem disputa, os 79 prefeitos do Estado vão às urnas, nesta terça-feira (22), para escolher o novo presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul). De um lado Douglas Figueiredo (PSDB), de Anastácio, e de outro Waldeli dos Santos Rosa (PR), de Costa Rica. Os dois acompanham a votação […]

Arquivo Publicado em 22/01/2013, às 12h35

None
52099545.jpg

Passados 10 anos sem disputa, os 79 prefeitos do Estado vão às urnas, nesta terça-feira (22), para escolher o novo presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul). De um lado Douglas Figueiredo (PSDB), de Anastácio, e de outro Waldeli dos Santos Rosa (PR), de Costa Rica.


Os dois acompanham a votação e afastaram clima de rivalidade, apesar de admitir que a disputa é voto a voto. “Quem vencer garantirá a Assomasul em boas mãos porque firmamos compromisso de nos unir para ajudar na administração”, amenizou Douglas, com a concordância do adversário.


Os dois prometem uma administração mais técnica e menos partidária. Douglas, por exemplo, planeja capacitar os municípios para não perder projetos federais, enquanto Valdeli promete assessoria jurídica a fim de evitar prejuízos às prefeituras.


Douglas conta com o apoio declarado dos prefeitos do PSDB e do PT, mas Valdeli garante ter a adesão de alguns administradores dos respectivos partidos. Apesar dos caciques do PMDB negarem, o prefeito de Costa Rica teria a parceria dos administradores eleitos pela sigla.


O mandato do novo presidente da Assomasul dura por dois anos. No período, uma das principais missões será defender a partilha igualitária dos royalties do petróleo e ampliar o repasse de outras verbas federais. A eleição desta terça-feira encerra às 17 horas.

Jornal Midiamax