Geral

Prefeito quer transparência em receitas e despesas de unidades conveniadas do SUS

A finalidade do pedido é deixar acessível à população quanto custa o atendimento nas unidades para o SUS e quanto do repasse é efetivamente utilizado pelo hospital

Arquivo Publicado em 26/03/2013, às 21h08

None

A finalidade do pedido é deixar acessível à população quanto custa o atendimento nas unidades para o SUS e quanto do repasse é efetivamente utilizado pelo hospital

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, quer que as unidades de saúde conveniadas ao SUS deixem visível para seus usuários as receitas e despesas do hospital, como prevê a Lei da Transparência.


Para isso, o secretário de saúde Ivandro Fonseca declarou que Bernal deve publicar ainda nesta semana um decreto no Diário Oficial solicitando o cumprimento da Lei nas localidades.


A finalidade do pedido é deixar acessível à população quanto custa o atendimento nas unidades para o SUS e quanto do repasse é efetivamente utilizado pelo hospital. A medida foi tomada após a Operação Sangue Frio, que denunciou situação irregular no uso de verba da Saúde.


A investigação aponta que o Hospital do Câncer estaria sendo usado como fachada para desvio dos recursos. Os pacientes entravam pelo HC, mas todo o tratamento seria pago para a Neorad. A informação é que os tratamentos são pagos à Neorad, empresa da família Siufi, com crescimo de 70% maior a tabela SUS.

Jornal Midiamax