Geral

Prefeito de Paranhos reduz próprio salário em 20% e em 10% dos secretários municipais

Com a queda de repasses do Fundo de Participação Municipal (FPM), dentre outros motivos para cortes de gastos, o prefeito de Paranhos (MS), Júlio Cesar de Souza (PDT) tomou a decisão de reduzir seu próprio salário e o do vice-prefeito, Donizete Aparecido Viaro (PMDB), em 20%. A medida também afetou os secretários municipais que tiveram […]

Arquivo Publicado em 04/11/2013, às 18h09

None
989403836.jpg

Com a queda de repasses do Fundo de Participação Municipal (FPM), dentre outros motivos para cortes de gastos, o prefeito de Paranhos (MS), Júlio Cesar de Souza (PDT) tomou a decisão de reduzir seu próprio salário e o do vice-prefeito, Donizete Aparecido Viaro (PMDB), em 20%.

A medida também afetou os secretários municipais que tiveram seus salários reduzidos em 10%. Os valores então mudaram de R$ 12 mil, o prefeito agora recebe R$ 9,6 mil, o vice recebia R$ 6 mil agora recebe R$ 4,8 mil e os secretários tiveram redução de R$ 450 e agora recebem R$ 4.050,00.

”Todo mundo sabe o momento que estamos passando e para honrar com o 13º salários aceitamos esta situação e estamos colaborando com o prefeito, sem problemas, entendemos a situação”, garante o secretário de Governo, Aldinar Ramos Dias.

A decisão foi anunciada hoje e tomada no último dia 29 de outubro, por meio de um decreto municipal. A justificativa de Júlio Cesar é de que ele está levando em conta a crise econômica com a redução de impostos.

“Se faz necessário tomar certas medidas para que a máquina pública continue cumprindo com seus compromissos sem atrasos e consequentemente dando um bom andamento aos serviços públicos do município”, afirmou o prefeito em nota oficial. (Matéria alterada às 15h53 para acréscimo de informações).

Jornal Midiamax