Geral

Passeata de homenagem à Paulo Magalhães vira carreata e se junta a manifestação na Praça do Rádio

O grupo de 60 pessoas que se reuniu na tarde de hoje em frente ao Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, para homenagear o delegado aposentado e professor universitário Paulo Magalhães, 57 – brutalmente assassinado a tiros no início da noite de terça-feira (25) no Jardim dos Estados –, partiu em carreata rumo à […]

Arquivo Publicado em 29/06/2013, às 19h22

None
272974016.jpg
O grupo de 60 pessoas que se reuniu na tarde de hoje em frente ao Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, para homenagear o delegado aposentado e professor universitário Paulo Magalhães, 57 – brutalmente assassinado a tiros no início da noite de terça-feira (25) no Jardim dos Estados –, partiu em carreata rumo à Praça do Rádio.
Inicialmente marcado para ser uma passeata, o movimento se transformou em uma carreata, uma vez que os integrantes do grupo quiseram participar da assembleia geral na Praça do Rádio, que é palco para os manifestantes que lutam contra a corrupção.
Os familiares, amigos e alunos de Paulo saíram em seus carros fazendo buzinasso. 
Trajando camisetas brancas, com a foto do delegado, os integrantes prometeram se juntar ao grupo de manifestantes e engrossar o movimento.
Paulo Magalhães era um dos organizadores e participantes das manifestações. Ele era engajado nos movimentos sociais que lutam contra a corrupção.
Jornal Midiamax