O papai Noel chegou mais cedo esse ano em Campo Grande. Ele desceu de helicóptero na manhã deste sábado (30) na praça do Rádio onde várias crianças e pais aguardavam ansiosamente a sua chegada.  Essa ação social foi uma parceria entre a Associação Comercial de lojistas, Câmara de Dirigentes Lojistas, o Conselho de Segurança do Centro e a Polícia Militar e aconteceu por volta das 9h30 da manhã.

A mamãe Larissa da Costa, de 19 anos, trouxe os dois filhos pequenos para a chegada do bom velhinho. “A minha patroa disse que quando criança viu o Papai Noel descendo de helicóptero e nunca esqueceu. Eu quero deixar essa lembrança para os meus filhos”, conta.  Cauã de 3 anos, e Willian, de 1 ano e 8 meses estavam encantados com as cores e os barulhos da praça.

Outra mãe que também levou as filhas um pouco mais velhas para ver a chegada do Papai Noel foi Rosineia Soares Ajala, que trouxe as duas filhas, de 11 e 12 anos para a praça. “Nós viemos para ver o Papai Noel e as festas no geral, por que as festas da Polícia Militar são sempre bonitas”, fala a mãe.

Para as filhas, essa visita tem um gosto todo especial. “Quando nós éramos pequenas a gente sempre mandava cartinha para o papai Noel, só que ele nunca respondia e nem chegava o nosso presente. Agora a gente vai poder ver ele de perto”, explica a filha mais velha Witoria Soares Ajala.

Ação social

Essa ação social foi encabeçada pelo Conselho de Segurança do Centro, onde brinquedos foram comprados e serão doados para crianças em situação de vulnerabilidade social em Campo Grande. “O nosso objetivo é aproximar a polícia da comunidade. Fazer essas crianças aqui presentes criarem uma relação de amizade e segurança com as forças policiais”, afirma o presidente Adelaido Luís Villa.

Ao todo, Conselho Comunitário de Segurança da Região Central com a Rotary Club conseguiram comprar mais de 8.500 mil brinquedos. Desses 2.500 foram distribuídos na praça e os outros 6 mil serão distribuídos  para entidades em bairros da cidade.