Geral

Papa diz que cristão que não sabe escutar Deus não é livre

A declaração foi feita neste domingo (30), diante de milhares de fiéis que se reuniram na praça São Pedro, no Vaticano, para assistir a reza do Ângeluz dominical.

Arquivo Publicado em 30/06/2013, às 11h19

None

A declaração foi feita neste domingo (30), diante de milhares de fiéis que se reuniram na praça São Pedro, no Vaticano, para assistir a reza do Ângeluz dominical.

O papa Francisco disse neste domingo diante de milhares de fiéis que se reuniram na praça São Pedro, no Vaticano, para assistir a reza do Ângeluz dominical, que se um cristão “não sabe falar com Deus, não sabe escutar Deus em sua própria consciência”, então ele “não é livre”.

“Devemos aprender a escutar mais nossa consciência, mas isto não significa fazer o que me interessa, o que me convém, o que eu gosto”, disse o pontífice.

“A consciência é o espaço interior para escutar a verdade, para escutar Deus. É o lugar interior da minha relação com Deus, que fala ao meu coração e me ajuda a compreender o caminho que devo tomar”, afirmou o papa.

Francisco ressaltou que o papa emérito Bento XVI deu um grande exemplo neste sentido recentemente.

“Quando o Senhor lhe deu a entender, na oração, qual era o caminho que devia tomar, seguiu com um grande sentido de justiça e coragem sua consciência, ou seja, a vontade de Deus que falava ao seu coração. Um exemplo que fez bem a todos, um exemplo a seguir”, enalteceu.

Jornal Midiamax