Geral

Oposição: governo já gastou US$ 1,5 milhão com saúde de Chávez

O deputado opositor Carlos Eduardo Berrizbeitia afirmou em nota nesta sexta-feira que o governo da Venezuela já gastou mais de US$ 1,5 milhão com as viagens de integrantes do governo e familiares para visitar o presidente Hugo Chávez, internado em Havana desde o início de dezembro. De acordo com o parlamentar, nos últimos 45 dias […]

Arquivo Publicado em 26/01/2013, às 00h44

None

O deputado opositor Carlos Eduardo Berrizbeitia afirmou em nota nesta sexta-feira que o governo da Venezuela já gastou mais de US$ 1,5 milhão com as viagens de integrantes do governo e familiares para visitar o presidente Hugo Chávez, internado em Havana desde o início de dezembro. De acordo com o parlamentar, nos últimos 45 dias o chavismo usou mais de 400 horas de voos para que “altos funcionários recebam ordens dos irmãos Castro”. As informações são do portal Infobae.

“Não só estão gastando o dinheiro de todos os venezuelanos, enganando e manipulando o povo com a saúde do presidente, mas também estão recebendo instruções do governo de outro país, o que vai contra o que estabelece a nossa Constituição”, disse o opositor.

Na nota, ele pondera que o presidente “tem todo o direito de buscar sua saúde em Cuba”, mas adverte que não é justo que “milhares de venezuelanos não tenha acessos a esse montante para cobrir seus tratamentos médicos”. Para Berrizbeitia, “o Executivo deve garantir dólares suficientes para comprar os produtos que os hospitais precisam para atender milhares de venezuelanos”.

Hugo Chávez está internado em um hospital de Cuba desde o dia 11 de dezembro, quando se submeteu a uma operação para retirar nódulos de um câncer. Desde que foi para a ilha caribenha, o presidente é acompanhando pelas filhas e por membros do governo, como o ministro Jorge Arreaza, que é casado com uma das herdeiras de Chávez. O vice-presidente, Nicolás Maduro, e o chanceler Elías Jaua, entre outros membros do governo, visitaram o mandatário.

Jornal Midiamax