Geral

No Rio, milhares de manifestantes voltam a pedir mais recursos para saúde e educação

Milhares de pessoas caminham neste momento em direção ao Estádio do Maracanã, na zona norte do Rio, portando bandeiras e cartazes com várias reivindicações, entre elas mais investimentos em saúde e educação públicas. Os manifestantes também gritam palavras de ordem contra os gastos e as remoções feitas por causa da Copa do Mundo de 2014 […]

Arquivo Publicado em 30/06/2013, às 15h49

None

Milhares de pessoas caminham neste momento em direção ao Estádio do Maracanã, na zona norte do Rio, portando bandeiras e cartazes com várias reivindicações, entre elas mais investimentos em saúde e educação públicas. Os manifestantes também gritam palavras de ordem contra os gastos e as remoções feitas por causa da Copa do Mundo de 2014 e de incentivo à população a aderir aos protestos.

O grupo se concentrou na Praça Saenz Peña, na Tijuca, a cerca de 1 quilômetro do estádio, onde teve início a caminhada, que já está na Avenida Maracanã. Centenas de policiais e guardas municipais acompanham a manifestação, que ocorre de forma tranquila até agora.

Agora à tarde, todo o tráfego será interditado em 16 vias do entorno do estádio, entre elas as avenidas Maracanã e Radial Oeste e as ruas São Francisco Xavier, General Canabarro, Professor Eurico Rabelo e Ibituruna.

A passeata foi convocada pelo Comitê Popular da Copa e das Olímpíadas no Rio de Janeiro. O grupo destacou o caráter pacífico do protesto e disse esperar que não haja bloqueio aos manifestantes nas proximidades do estádio. A orientação dos organizadores é para que os manifestantes não tentem furar eventuais bloqueios.

Jornal Midiamax