Geral

No Rio, menino é encontrado morto com sinais de tortura e estupro; tio é suspeito

O suposto traficante de drogas Marcelo da Conceição e um adolescente de 14 anos são suspeitos de planejar e executar o assassinato de Pedro Lucas Barreto da Conceição, 9, na quarta-feira (3), no bairro Basílio, em Rio Bonito, na região metropolitana do Rio de Janeiro. O menino era sobrinho do adulto investigado pelo crime. O […]

Arquivo Publicado em 04/07/2013, às 17h45

None

O suposto traficante de drogas Marcelo da Conceição e um adolescente de 14 anos são suspeitos de planejar e executar o assassinato de Pedro Lucas Barreto da Conceição, 9, na quarta-feira (3), no bairro Basílio, em Rio Bonito, na região metropolitana do Rio de Janeiro. O menino era sobrinho do adulto investigado pelo crime.


O jovem de 14 anos, que teria agido a mando de Conceição, foi apreendido nesta quinta-feira (4). Pedro Lucas foi assassinado a pedradas, segundo o delegado da 119ª DP (Rio Bonito), Paulo Henrique da Silva Pinto. “Os dois praticaram essa barbárie porque o adulto queria se vingar do irmão”, afirmou o delegado.


O delegado informou que os criminosos são investigados por homicídio triplamente qualificado, tortura e estupro, e que ambos seriam traficantes da favela Rato Molhado. Até o fim desta quinta-feira, a Polícia Civil realiza diligências a fim de localizar Conceição.


Após o óbito, o corpo da vítima foi estuprado pelo adolescente, de acordo com a polícia. A perícia feita no local mostrou ainda sinais de tortura, estrangulamento e traumatismo craniano. Em seguida, os restos mortais foram lançados de um barranco. A pedra utilizada como arma do crime foi apreendida no local.


Em conversa com um dos policiais da 119ª DP, uma testemunha afirmou que Pedro Lucas estava soltando pipa com amigos da mesma idade pouco antes de ser abordado pelos criminosos.

Jornal Midiamax