Geral

No primeiro clássico, torcedores reclamam de desorganização na venda de ingressos

O primeiro clássico do ano no futebol estadual, Cene e Comercial teve uma procura alta por ingressos na bilheteria pouco antes do jogo no estádio Morenão, em Campo Grande, neste domingo (20). A quinze minutos do início do jogo, cerca de 300 pessoas ainda esperavam pelo bilhete para arquibancada. “São apenas dois guichês de atendimento, […]

Arquivo Publicado em 20/01/2013, às 19h04

None
12857929.jpg

O primeiro clássico do ano no futebol estadual, Cene e Comercial teve uma procura alta por ingressos na bilheteria pouco antes do jogo no estádio Morenão, em Campo Grande, neste domingo (20). A quinze minutos do início do jogo, cerca de 300 pessoas ainda esperavam pelo bilhete para arquibancada.


“São apenas dois guichês de atendimento, não dá para atender todos assim. O futebol estadual já começa desorganizado, como querem que cresça?”, reclamou Odair Serrano, que  já foi preparador físico do Comercial e leva hoje a família para o jogo. Com crianças e idoso, ele aguardava no sol pela compra do ingresso.


Jorge de Oliveira, que foi técnico do Vila Nova, também reclamou da demora. “Faltam cinco minutos para o jogo e ninguém entra”.


Apesar do bate boca, ninguém foi preso. No estádio, ninguém foi encontrado para falar da organização do evento. O jogo começou com cerca de 100 pessoas para fora.

Jornal Midiamax