Geral

Mulher sofre de síndrome que a faz comer doces durante o sexo

Uma mulher que sofre de obesidade mórbida apresenta uma estranha condição na hora de ir para cama – ela é capaz de devorar dezenas de cupcakes e rosquinhas durante o ato sexual. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail. Sammee Matthews, 42 anos, mora em Las Vegas e apresenta o diagnóstico de […]

Arquivo Publicado em 09/10/2013, às 22h58

None
1756784482.jpg

Uma mulher que sofre de obesidade mórbida apresenta uma estranha condição na hora de ir para cama – ela é capaz de devorar dezenas de cupcakes e rosquinhas durante o ato sexual. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

Sammee Matthews, 42 anos, mora em Las Vegas e apresenta o diagnóstico de sitofilia, uma obsessão erótica por comida. No caso dela, o que a excita especificamente são os bolos e doces. Ela conta que basta uma voltinha por uma padaria para se sentir mais animada para o sexo e também afirma que chega a perder a concentração quando vê este tipo de alimento e que imediatamente começa a ter pensamentos perversos.

“Para algumas pessoas, ostras são estimulantes, mas para mim é qualquer coisa doce”, contou. “Adoro cupcakes e cookies. Seu cheiro, sabor e textura me deixam excitada”, acrescentou. A paixão, no entanto, fez com que os ponteiros da balança subissem ainda mais e ela chegou a pesar mais de 200 kg. Recentemente, Sammee conseguiu emagrecer cerca de 30 kg, pois está determinada a voltar a trabalhar. “É muito excietante para mim comer deliciosos bolos e donuts enquanto faço amor. Isso já me deu os mais incríveis orgasmos”.

No entanto, seu atual relacionamento quase chegou ao fim. E o motivo não foram os doces: na verdade, ela descobriu que o parceiro era casado. Sammee contou que foi um grande choque, mas que tentou dar a volta por cima. “Ele me disse que ninguém irá me amar do jeito que ele me ama, e eu acreditei”.

Mãe de dois filhos, ela dirige um clube de strippers. Ela conta que sofre com o excesso de peso e tem que tomar comprimidos para dor muscular. “Tem dias que meus pés estão tão inchados que minha filha tem que colocar minhas meias”

Jornal Midiamax