Geral

Mulher desabafa ao ser vítima, mais uma vez, de violência doméstica em Coxim

A protagonista da história não teve o nome revelado, porém, é mais uma vítima da violência doméstica e, consequentemente, da impunidade que garante liberdade aos agressores em nosso país. No último sábado (10), a vítima, uma jovem de 29 anos, que vamos chamar de Maria, desabafou ao acionar a Polícia Militar, quando foi agredida novamente […]

Arquivo Publicado em 13/02/2013, às 20h20

None

A protagonista da história não teve o nome revelado, porém, é mais uma vítima da violência doméstica e, consequentemente, da impunidade que garante liberdade aos agressores em nosso país.



No último sábado (10), a vítima, uma jovem de 29 anos, que vamos chamar de Maria, desabafou ao acionar a Polícia Militar, quando foi agredida novamente pelo marido, um homem de 34 anos, que também não teve o nome revelado.



Naquele dia, no bairro Senhor Divino, em Coxim, o autor empurrou a vítima contra o muro da casa, causando lesões. Ao acionar a Polícia Militar, Maria foi orientada a procurar a Delegacia de Atendimento a Mulher, para que as medidas legais fossem tomadas.



Assim que recebeu a orientação, a vítima demonstrou indignação, relatando que não é a primeira vez que pede ajuda e nada é feito para que o autor responda criminalmente.



Segundo Maria, ela já registrou mais de 10 queixas contra o marido, bem como sabe da existência de três mandados de despejo em desfavor do mesmo, para que ele deixe sua residência, mas, até a data, nenhum foi cumprido.



A vítima demonstrou descrença nos poderes constituídos e questionou os policiais, dizendo que os mesmos estão esperando que o marido a mate para que alguma providência seja tomada.



Mais uma vez, Maria registrou o caso de violência doméstica, que vai servir, ao menos, para aumentar as estatísticas. O autor não foi preso, pois fugiu da casa depois de agredir a vítima mais uma vez.


Jornal Midiamax