Geral

Mulher acusa médico de clínica particular de abuso durante consulta ao ‘cardiologista’

Segundo a Polícia Civil, no momento em que o profissional pediu a jovem para retirar a blusa, iniciaram várias insinuações.

Arquivo Publicado em 02/07/2013, às 11h37

None

Segundo a Polícia Civil, no momento em que o profissional pediu a jovem para retirar a blusa, iniciaram várias insinuações.

Com dores e em busca de um exame cardiológico, há sete dias, uma mulher de 28 anos procurou uma clínica na rua Humberto de Campos, Vila Célia, em Campo Grande. O local é para clientes conveniados da Pax Nacional, sendo que na ocasião estava marcada uma consulta com um dos cardiologistas.


Segundo a Polícia Civil, no momento em que o profissional pediu a jovem para retirar a blusa, iniciaram várias insinuações. “Nossa, você deve abalar muitos corações!” e “Ah, me deixa ver esses pontinhos”, disse ele. Em seguida, conforme a polícia, o médico passou a mão nos seios da vítima e deu continuidade a consulta.


Em depoimento, a mulher ressaltou ser desnecessários tanto os comentários quanto os toques naquela região. Ela então compareceu a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e registrou uma ocorrência.


O caso é investigado em segredo de Justiça, conforme explicou ao Midiamax a delegada Rosely Aparecida Molina, titular da unidade. “Estamos averiguando a veracidade das informações. E, se comprovado, o médico poderá ser indiciado pelo ato libidinoso, estupro ou até mesmo importunação ofensiva ao pudor”, afirma a delegada.

Jornal Midiamax