Geral

Ministério Público pede impugnação de candidatura de vice de Leleco em Bonito

O Ministério Público Eleitoral pediu a impugnação da candidatura da vice da chapa de Leleco (PTdoB), Luisa Lima (PR). O promotor Thalys Franklyn de Souza identificou falta de pagamento de uma multa aplicada à Luisa, pela Justiça eleitoral, por propaganda antecipada. A candidata alega que a multa está paga e que só vai se pronunciar […]

Arquivo Publicado em 25/01/2013, às 13h20

None
890582519.jpg

O Ministério Público Eleitoral pediu a impugnação da candidatura da vice da chapa de Leleco (PTdoB), Luisa Lima (PR). O promotor Thalys Franklyn de Souza identificou falta de pagamento de uma multa aplicada à Luisa, pela Justiça eleitoral, por propaganda antecipada. A candidata alega que a multa está paga e que só vai se pronunciar após ser notificada.

Segundo informações da promotoria, Luiza teria distribuído cerca de 2 mil calendários, em 2012, antes da data permitida, o que configurou propaganda antecipada . A Justiça multou Luisa em R$ 5 mil.

A candidata a vice rebate a alegação da promotoria e afirma que pagou as multas e tem, inclusive, recibos dos pagamentos. Contudo, não quis dar mais detalhes sobre o caso, informando que não foi notificada e que apenas quando for acionada pela Justiça vai se posicionar oficialmente.

Já Leleco informou que há pedidos na Justiça de impugnação da Luisa, dele e do candidato adversário também. “No nosso caso, o MPE ta pedindo isso sobre uma multa, que tem prazo. Não tem nada de errado, tanto que a Justiça eleitoral deu uma certidão negativa pra nós, então, atendemos todos os requisitos. Não precisamos de novos nomes, isso é só um pedido”, destacou.

No caso de Leleco, ele apresentou recibo em tempo hábil – três dias antes – de que havia parcelado a multa eleitoral. Ja o pedido de impugnação para Odilson de Arruda Soares (PSDB) foi feito pela coligação de Leleco.  

A juíza eleitoral deve decidir no início da próxima semana quais candidatos devem ser impugandos.

Novos candidatos

Na cidade as especulações já começaram. Como o PTdoB – partido de Leleco – faz parte de uma coligação com outros 14 partidos, muitos nomes tem sido ventilados para a vaga, entre eles Reginaldo Rocha (ex-Nandinho dos Correios, responsável por aliar o PT a coligação para eleição de março de 2013), Augusto Mariano (PMDB), Vânia (presidente do PSB) e Alex Furtado (PSB). (matéria editada para acréscimo de informações às 10h51)

Jornal Midiamax