Geral

Menor que praticou mais de 10 arrombamentos em MS é apreendido

Um adolescente de 16 anos, acusado de praticar mais de 10 arrombamentos e vários furtos de motocicletas no município de Angélica (MS), foi aprendido na manhã de quinta-feira (5), por policiais civis do município. Roseneide Aparecida, 34 anos, mãe do adolescente infrator foi autuada em flagrante por receptação. Na residência dos acusados os policiais encontraram […]

Arquivo Publicado em 06/12/2013, às 23h13

None

Um adolescente de 16 anos, acusado de praticar mais de 10 arrombamentos e vários furtos de motocicletas no município de Angélica (MS), foi aprendido na manhã de quinta-feira (5), por policiais civis do município. Roseneide Aparecida, 34 anos, mãe do adolescente infrator foi autuada em flagrante por receptação.

Na residência dos acusados os policiais encontraram grande quantidade de objetos furtados, entre eles uma motocicleta Biz, cor vermelha. De acordo com o delegado titular da Delegacia de Polícia Civil de Angélica, Dr. Bazílio de Oliveira, por ser extremamente magro, o menor entrava com muita facilidade por vidraças e janelas de residências e comércios da cidade, praticava os furtos e deixava os objetos em casa, com o consentimento da mãe.

“Em todos os locais que ele praticou furto, acabou esquecendo facas de mesa, com cabos na cor azul. Durante as buscas realizadas na casa deles, encontramos um conjunto com várias facas azuis, iguais aquelas que apreendemos”, explica Dr. Bazílio.

Segundo o delegado em alguns casos, a faca utilizada pelo menor para praticar o arrombamento, possuía vestígios de sangue e o material foi encaminhado para a perícia e agora será confrontado com o DNA do menor.

Após a prisão o adolescente confessou furtos a várias igrejas, consultórios, lojas e restaurantes de Angélica, além de furtos de várias motocicletas. “Duas delas foram recuperadas, uma pela Polícia Civil e outra pela Polícia Militar”, enfatiza o delegado.

“Mesmo sendo menor, este adolescente infrator foi apreendido e encaminhado para a cadeia na cidade de Ivinhema (MS), onde deve permanecer internado, pelo bem da sociedade da cidade de Angélica e região”, conclui Dr. Bazílio.

Jornal Midiamax