Geral

Maior doador de terras indígenas a fazendeiros, Estado promete indenizações

As áreas que foram tituladas pela União ou Governo do Estado às famílias de fazendeiros e posteriormente reconhecidas como áreas indígenas deverão ser indenizadas por quem fez as doações.

Arquivo Publicado em 27/06/2013, às 21h43

None

As áreas que foram tituladas pela União ou Governo do Estado às famílias de fazendeiros e posteriormente reconhecidas como áreas indígenas deverão ser indenizadas por quem fez as doações.

A maioria das terras tituladas a fazendeiros em Mato Grosso do Sul foram doadas pelo Governo do Estado, conforme afirmou o procurador federal Marco Antônio Delfino de Almeida após a reunião com representantes indígenas, Governo do Estado, Funai e Famasul nesta quinta-feira (27) na Governadoria.


As áreas que foram tituladas pela União ou Governo do Estado às famílias de fazendeiros e posteriormente reconhecidas como áreas indígenas deverão ser indenizadas por quem fez as doações, conforme explicou o membro do Ministério Público Federal.


Com isso, o Governo do Estado terá que desembolsar a maior parte das indenizações aos fazendeiros no Estado, ficando com uma conta maior que a da União.


O presidente da Famasul, Eduardo Riedel, diz não saber se os proprietários rurais estão dispostos a receber a indenização ou vender as terras.


“Na região Fazenda Buriti, por exemplo, a maioria dos produtores aceita a indenização, mas existem proprietários que não querem abrir mão das terras”, explicou.


O procurador revelou que o governador André Puccinelli está disposto a ressarcir os fazendeiros, desde que as áreas sejam comprovadamente indígenas.

Jornal Midiamax