Geral

Lula vai trabalhar para manter base de Dilma, dizem ex-ministros

A partir de fevereiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve “jogar toda sua energia” para articular a base aliada do governo de Dilma Rousseff, segundo o ex-ministro Paulo Vannuchi, diretor do Instituto Lula. “Lula vai jogar toda sua energia para a manutenção e a consolidação da aliança. Fazer uma agenda de conversas, ver […]

Arquivo Publicado em 22/01/2013, às 12h02

None

A partir de fevereiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve “jogar toda sua energia” para articular a base aliada do governo de Dilma Rousseff, segundo o ex-ministro Paulo Vannuchi, diretor do Instituto Lula.


“Lula vai jogar toda sua energia para a manutenção e a consolidação da aliança. Fazer uma agenda de conversas, ver quais são as questões, onde estão as disputas, como fazer para compor as forças”, disse ele. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.


O PT acredita que seu projeto para 2014 é ameaçado principalmente pelo PSB, que pode lançar o governador Eduardo Campos (PE) na disputa pela Presidência. De acordo com funcionários do Instituto Lula, o ex-presidente não trabalha com a possibilidade de o PSB deixar a base do governo, mas ele deve concentrar esforços para manter as alianças.


“Ele (Lula) tem um papel político a cumprir na constituição da nossa base política e social para 2014”, disse o ex-ministro Luiz Dulci, outro diretor do Instituto Lula.

Jornal Midiamax