Geral

Líder do governo diz que Dobashi é referência na área da saúde e elogia sua coragem

Líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Júnior Mochi (PMDB) não poupou elogios à ex-secretária estadual Beatriz Dobashi, suspeita de articular a transferência de equipamentos de radioterapia da rede pública à privada. Para o parlamentar, ela é “referência” no setor e uma mulher de muita “coragem e credibilidade”. “Ela tomou a posição certa (de […]

Arquivo Publicado em 02/07/2013, às 17h29

None
21823307.jpg

Líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Júnior Mochi (PMDB) não poupou elogios à ex-secretária estadual Beatriz Dobashi, suspeita de articular a transferência de equipamentos de radioterapia da rede pública à privada. Para o parlamentar, ela é “referência” no setor e uma mulher de muita “coragem e credibilidade”.


“Ela tomou a posição certa (de pedir demissão), se todos tivessem essa honradez não teríamos problemas no Brasil”, afirmou Mochi. Para ele, “estão tentando imputar” à secretária a culpa pelos problemas no atendimento na saúde.


“Ela já deu sua justificativa e abriu os sigilos bancário, fiscal e telefônico e ainda pediu para ser investigada. Foi uma atitude de muita coragem”, avaliou o líder do governo.


Gravações da Polícia Federal na Operação Sangue Frio mostram que a ex-secretária e o ex-diretor-presidente do Hospital Regional, Ronaldo Perches Queiroz, articularam para que os equipamentos fossem entregues ao Hospital do Câncer, que é particular. Em determinado momento, Dobashi torce para que os aceleradores demorem a chegar ao Estado.


“Como já disse, ela justificou a fala, informando que naquele momento não teria as condições necessárias para receber os equipamentos”, reforçou Mochi. “Tenho convicção da Beatriz, da sua credibilidade, empenho e disposição em agir da maneira correta, uma pessoa referência no setor da saúde, presidente nacional do conselho”, destacou.

Jornal Midiamax