Geral

Kodak consegue financiamento e espera sair da falência em 2013

A corte falimentar de Nova York aprovou hoje a tomada de empréstimos da Eastman Kodak em US$ 844 milhões, o que, de acordo com a companhia, vai auxiliar o grupo a sair da recuperação judicial já na metade deste ano. O financiamento consiste de US$ 455 milhões em novos empréstimos, bem como US$ 375 milhões […]

Arquivo Publicado em 23/01/2013, às 21h09

None

A corte falimentar de Nova York aprovou hoje a tomada de empréstimos da Eastman Kodak em US$ 844 milhões, o que, de acordo com a companhia, vai auxiliar o grupo a sair da recuperação judicial já na metade deste ano.



O financiamento consiste de US$ 455 milhões em novos empréstimos, bem como US$ 375 milhões já anunciados, ambos garantidos por detentores de títulos de dívida da empresa. O dinheiro só será efetivamente entregue caso a Kodak consiga vender seu portfólio de patentes de imagens digitais por US$ 500 milhões ou mais. Para que a companhia consiga quitar os débitos antes do vencimento, ela ainda precisaria apresentar um plano de reorganização até setembro.



As obrigações da Kodak que ainda estão pendentes incluem um plano de pensão no Reino Unido e a venda de todos os ativos da unidade Document Imaging and Personalized Imaging, ou parte deles. “Mas o financiamento nos coloca em boa posição para sair da falência”, comentou, em nota, o presidente do grupo, Antonio Perez.


Jornal Midiamax