Geral

Kemp faz audiência pública sobre políticas públicas para a juventude em MS

O Mandato do deputado estadual Pedro Kemp (PT/MS) vai realizar no dia 15 de março das 9 às 17 horas, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, a “3a Audiência Pública “Políticas Públicas para a Juventude – Avaliação e Desafios”. Com a participação de representantes dos movimentos organizados ligados aos jovens e também das […]

Arquivo Publicado em 19/02/2013, às 12h50

None
1068844924.jpg

O Mandato do deputado estadual Pedro Kemp (PT/MS) vai realizar no dia 15 de março das 9 às 17 horas, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, a “3a Audiência Pública “Políticas Públicas para a Juventude – Avaliação e Desafios”. Com a participação de representantes dos movimentos organizados ligados aos jovens e também das prefeituras de Mato Grosso do Sul, a audiência será uma oportunidade de debater as políticas públicas que existentes e identificar se são aplicadas nos municípios, segundo Kemp.


Jovens agricultores e indígenas também participarão dos debates. “A ideia é darmos voz para que os próprios jovens possam expôr suas ideias e a partir daí termos um raio-x sobre como está a aplicação das políticas públicas voltadas para a juventude em Mato Grosso do Sul”.


A Secretaria Nacional da Juventude, ligada à Presidência da República, foi convidada também para participar da audiência. Conforme Kemp, em 2005 aconteceu um grande debate na Assembleia Legislativa, proposto pelo seu Mandato, sobre o Plano Nacional de Juventude. “Agora, vamos ter a oportunidade de debater a aplicação das políticas que foram discutidas naquele momento”, explica.


De acordo com o padrão internacional, é considerado jovem as pessoas na faixa entre 15 a 29 anos. Em Mato Grosso do Sul são 459.775 pessoas que corresponde 18,7% da população (2,4 milhões), de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatistíca). Destes, 72,5% são jovens do sexo masculino.


No País, os jovens são cerca de 27% da população e segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) afirmam que o Brasil teve o maior pico de população jovem entre 15 e 29 anos, em 2010, chegando a 51 milhões nesta faixa etária. Em 2000, o país tinha 47 milhões de pessoas com essas idades e essa característica é apontada como resultado da dinâmica demográfica nas décadas de 1970 e 1980, conhecida como “onda jovem”. A população brasileira é de 190,7 milhões de pessoas.

Jornal Midiamax