Geral

Juventude será o público alvo da Campanha da Fraternidade de 2013 da igreja católica

Segundo Dom Dimas, atualmente, é comum vermos crimes envolvendo jovens e até adolescentes. A Campanha quer construir uma sociedade fraterna fundamentada na cultura da vida, da justiça e da paz.

Arquivo Publicado em 13/02/2013, às 18h06

None
2126133077.jpg

Segundo Dom Dimas, atualmente, é comum vermos crimes envolvendo jovens e até adolescentes. A Campanha quer construir uma sociedade fraterna fundamentada na cultura da vida, da justiça e da paz.

A Campanha da Fraternidade, realizada pela Igreja Católica durante a Quaresma, tem neste ano os jovens como público-alvo. Com o tema “Fraternidade e Juventude” e lema “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8) a Igreja quer refletir, rezar e reapresentar os jovens ao evangelho como sentido e missão de vida. É uma preparação da Jornada Mundial da Juventude, que acontece em julho no Rio de Janeiro.

Durante coletiva, na manhã desta quarta-feira (13), o arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa, lembrou que os jovens não são apenas o futuro, são o presente. E que a Igreja atenta a isso percebeu que é a hora dos “jovens evangelizarem os jovens”.

Segundo Dom Dimas, é o momento da Igreja acolher os jovens propiciando caminhos para que eles sejam os protagonistas no seguimento de Jesus Cristo. Ele lembrou que atualmente é comum vermos crimes envolvendo jovens e até adolescentes. Onde um menino mata outro. Ele citou a banalização da violência e disse que a Campanha, voltada a esse público, quer construir uma sociedade fraterna fundamentada na cultura da vida, da justiça e da paz.

Para atingir o alvo, a Igreja percebeu que precisa falar a língua do jovem e vai usar as mídias digitais e as redes sociais para chegar mais perto deste público conectado. “A cultura midiática está na vida do jovem, vamos trazer isso para nossa realidade”, disse Dom Dimas.

Para isso, em Mato Grosso do Sul, a Igreja vai trabalhar em conjunto com os ‘Jovens Conectados’, que é um grupo de jovens que trabalha a evangelização nas redes sociais.

A Campanha da Fraternidade será lançada oficialmente no primeiro domingo da Quaresma, dia 17 de fevereiro, às 15 horas no Poliesportivo Dom Bosco – Rua 14 de Julho.

A campanha acontece entre os dias 13 de fevereiro e 24 de março, domingo de Ramos. Na data haverá a coleta Nacional da Solidariedade, onde 60% do que for arrecadado irá para o Fundo Arquidiocesano de Solidariedade e 40% Fundo Nacional de Solidariedade.

Campanha da Fraternidade

A Campanha da Fraternidade é uma iniciativa brasileira. A primeira foi realizada na arquidiocese de Natal em abril de 1962, por iniciativa do então administrador apostólico Dom Eugênio de Araújo Sales. O objetivo era fazer uma coleta em favor das obras sociais e apostólicas da arquidiocese.

Um ano depois, a experiência foi adotada por 19 dioceses do Regional Nordeste 2, nos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas. Em 1964, a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) assumiu a Campanha da Fraternidade.

Jornal Midiamax