Geral

Julio Cesar quer um novo clube e admite até voltar ao Brasil

Julio Cesar deixou claro nesta quinta-feira que espera fechar com um novo clube até janeiro. Encostado no Queen’s Park Rangers, o goleiro se diz extremamente grato a Luiz Felipe Scolari por ter sido convocado para a seleção mesmo sem jogar na Inglaterra. No entanto, o atleta ressalta que para disputar uma Copa é preciso estar […]

Arquivo Publicado em 31/10/2013, às 17h57

None

Julio Cesar deixou claro nesta quinta-feira que espera fechar com um novo clube até janeiro. Encostado no Queen’s Park Rangers, o goleiro se diz extremamente grato a Luiz Felipe Scolari por ter sido convocado para a seleção mesmo sem jogar na Inglaterra. No entanto, o atleta ressalta que para disputar uma Copa é preciso estar com ritmo de jogo.


Em entrevista ao Arena Sportv, Julio Cesar não descarta retornar ao futebol brasileiro. Sua única certeza é a de que não permanece no time inglês.


“Se Deus quiser vou ver se arrumo um time até para ajudar o Felipão e o Parreira, porque eles estão me ajudando pra caramba. Agora eu também tenho que ajudar eles”, brincou.


“Treino é uma coisa, jogo é outra. Chegou a hora de ter uma solução para que eu chegue à Copa bem”, acrescentou.


Desde que Felipão reassumiu o comando da seleção, Julio sempre figurou na lista de relacionados, exceção ao período em que lesionou a mão. O goleiro está entre os 23 atletas chamados para os amistosos contra Honduras e Chile, em 16 e 19 de novembro, na América do Norte.


Questionado sobre um suposto interesse do São Paulo para a próxima temporada diante da possibilidade de adeus de Rogério Ceni, Julio Cesar diz que não conversou com nenhum clube.


“Eu ainda não recebi nenhuma proposta. Mas pela situação que vivo, tudo é bem vindo. O futebol no Brasil é muito competitivo. Eu estaria perto de tudo, das criticas…Seria bom. Mas não descarto clubes da própria Inglaterra, Itália. Vou estudar as melhores propostas”.


Julio foi submetido, em setembro, a cirúrgia nas mãos. Ele quebrou um dedo da mão direita e sofreu luxação em dedos da mão esquerda.

Jornal Midiamax