Geral

Jovem morto por R$ 7 em restaurante ligou para PM antes de levar facada

Um áudio divulgado nesta segunda-feira confirma que o estudante Mário dos Santos Sampaio pediu socorro à Polícia Militar antes de ser morto a facadas em um restaurante de Guarujá (SP), no dia 31 de dezembro do ano passado. A ligação feita ao serviço de emergência 190 cai no momento em que o universitário é esfaqueado, […]

Arquivo Publicado em 18/02/2013, às 20h25

None
480580851.jpg

Um áudio divulgado nesta segunda-feira confirma que o estudante Mário dos Santos Sampaio pediu socorro à Polícia Militar antes de ser morto a facadas em um restaurante de Guarujá (SP), no dia 31 de dezembro do ano passado. A ligação feita ao serviço de emergência 190 cai no momento em que o universitário é esfaqueado, após uma discussão motivada por uma diferença de R$ 7 na conta. “Eu estou numa praia aqui da Enseada, num restaurante, e tem vários garçons aqui, porque eles cobraram um preço de R$ 12,90. Tá o restaurante inteiro aqui. E eles aumentaram o preço enquanto o pessoal comia. E agora tem um cara aqui que tá falando que vai bater nos clientes. Um moço que até pegou faca aqui”, relata o estudante na ligação. As informações são da EPTV.

A ligação dura 3 minutos e 26 segundos e é interrompida após uma forte discussão. Segundo o advogado da família da vítima, a chamada cai no momento em que o jovem recebe uma facada do dono do restaurante. O crime ocorreu após um desentendimento a respeito da conta do jantar. Acompanhado da namorada e de três amigos, Mário se recusou a pagar o valor de R$ 19,99, alegando que o valor divulgado anteriormente era de R$ 12,99. A vítima teria sido agredida com vários socos por pelo menos três garçons do estabelecimento. De acordo com a polícia, ao ver a briga, o dono do restaurante foi até a cozinha pegar uma faca, que foi usada para golpear o turista nas costas por três vezes.

Jornal Midiamax