Geral

Jornalista Josino Theodoro da Silva morre em Campo Grande

Josino Theodoro da Silva, de 83 anos, iniciou sua carreira jornalística na Capital de São Paulo, mas acabou falecendo após exercer quase 30 anos de profissão em Campo Grande. Ele morreu nesta noite de sexta-feira (28), no Centro de Especialidades de Idosos, local em que residia. Em São Paulo, onde nasceu (dia 2/11/1929), o jornalista passou por […]

Arquivo Publicado em 29/06/2013, às 12h25

None
264599515.jpg

Josino Theodoro da Silva, de 83 anos, iniciou sua carreira jornalística na Capital de São Paulo, mas acabou falecendo após exercer quase 30 anos de profissão em Campo Grande. Ele morreu nesta noite de sexta-feira (28), no Centro de Especialidades de Idosos, local em que residia.

Em São Paulo, onde nasceu (dia 2/11/1929), o jornalista passou por alguns meios de comunicação, como a Revista Cruzeiro. Radicado em Campo Grande desde 1986, ele atuou em diversas emissoras de rádio, televisão e internet.

De acordo com o seu filho, advogado Auro Dreger, Josino Theodoro se sentia bem, mas após o jantar começou a passar mal. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado depois que Josino sofreu uma parada cardiorrespiratório. Os atendentes tentaram reanimá-lo por 36 minutos, mas ele faleceu as 19h06.

Josino deixa esposa Edith Heloisa Dreger da Silva, com a qual teve quatro filhos, sendo um deles já falecido. O velório inicia hoje (29), por volta das 9h30, na Rua 13 de maio 4589, na Capela Campo Grande. Já o enterro, está marcado para acontecer às 15h no Cemitério Cruzeiro, na Avenida Coronel Antonino.

“Foi uma morte súbita, ele estava em recuperação. Mas acho que esse foi o desejo dele. Apesar de ser paulista, ele desejou falecer aqui em Campo Grande. Sempre quis estar ao lado dos amigos e companheiros de trabalho. O último dia de vida do meu pai foi nessa Capital, que ele está morando há quase 30 anos”, destacou o filho Auro.

Jornal Midiamax