Geral

Joelma nega ter comparado gays a drogados: “recuperação é tão difícil”

A cantora Joelma, da banda Calypso, comentou, em entrevista ao colunista Bruno Astuto, da revista Época, a respeito do casamento gay. Ela diz ser contra a união homossexual porque, segundo ela, a Bíblia não concorda com o fato. Evangélica “maluca”, como ela mesma se definiu durante a entrevista, Joelma disse que se tivesse um filho […]

Arquivo Publicado em 30/03/2013, às 21h50

None
1609839406.jpg

A cantora Joelma, da banda Calypso, comentou, em entrevista ao colunista Bruno Astuto, da revista Época, a respeito do casamento gay. Ela diz ser contra a união homossexual porque, segundo ela, a Bíblia não concorda com o fato. Evangélica “maluca”, como ela mesma se definiu durante a entrevista, Joelma disse que se tivesse um filho gay “lutaria até a morte para fazer sua conversão”.



A entrevista gerou repercussão e a cantora fez questão de comentar, em seu Twitter, uma declaração dada ao veículo: “Já vi muitos (gays) se regenerarem. Conheço muitas mães que sofrem por terem filhos gays. É como um drogado tentando se recuperar”, disse Joelma, à revista.



No Twitter oficial da banda Calypso, ela afirmou que não comparou a opção sexual dos gays com a situação de um usuário de drogas.



“Eu não comparei gays às drogas. Disse que a recuperação é tão difícil quanto mas Deus faz o impossível. Falo em recuperação porque conheço pessoas que saíram dessa. Foi muito difícil mas, Deus pode absolutamente tudo”, afirmou, no microblog.



“Meu melhor amigo e confidente é gay e apesar das nossas diferentes opiniões somos amigos. Meus amores obrigada por tudo amo vocês. Opinião cada um tem a sua”, encerrou.

Jornal Midiamax