Geral

Jefferson fala em derrota inesperada e quer Botafogo forte em reta final

A derrota por 1 a 0 para o Goiás abalou os planos do Botafogo para se classificar á Libertadores em 2014. O capitão Jefferson concedeu entrevista no desembarque da equipe nesta segunda no aeroporto Santos Dumont e disse que o resultado foi inesperado. Segundo ele, o Alvinegro queria a vitória, mas voltaria satisfeito com um […]

Arquivo Publicado em 04/11/2013, às 18h30

None
1792824863.jpg

A derrota por 1 a 0 para o Goiás abalou os planos do Botafogo para se classificar á Libertadores em 2014. O capitão Jefferson concedeu entrevista no desembarque da equipe nesta segunda no aeroporto Santos Dumont e disse que o resultado foi inesperado. Segundo ele, o Alvinegro queria a vitória, mas voltaria satisfeito com um empate do Serra Dourada.


O camisa 1 do Botafogo, no entanto, prefere não focar no resultado negativo. Jefferson já projeta o próximo jogo da equipe, neste domingo, às 17h, contra o Internacional, no Beira Rio. Para ele, o Alvinegro deve recuperar suas forças para disputar a reta final da competição nacional.


“São coisas do futebol, nós tentamos, sabíamos das dificuldades que teríamos: a questão do clima e tudo mais. Treinamos a semana toda, jogamos, tivemos chances e eles também. No final tomamos o gol, mas temos seis jogos ainda para buscarmos a classificação. Não era o que queríamos, fomos para vencer, na pior das hipóteses, um empate estaria de bom tamanho”, disse.


“Não foi o que esperávamos. Agora temos um jogo importante contra o Internacional fora de casa. Será um jogo difícil. Também teremos jogos em casa para decidirmos a nossa classificação”, completou.


Com a derrota para o Goiás, o Botafogo caiu para a quarta colocação com 53 pontos e viu o rival se aproximar perigosamente na quinta posição – atualmente a diferença é de apenas um ponto. Na próxima rodada, o Alvinegro encara o Internacional, no domingo, no Beira Rio. Já o Esmeraldino, visita o Flamengo, neste sábado, no Maracanã.

Jornal Midiamax