Geral

Jardineiro expõe criatividade em árvores de casas e comércios de Coxim

Jhone Aparecido de Souza Silva, de 29 anos, é um jardineiro que há 13 anos transforma, com suas hábeis mãos, simples árvores em uma bela exposição de criatividade. Seus trabalhos estão expostos em jardins de casas e comércios do município de Coxim, cidade a 243 quilômetros de Campo Grande. Com uma tesoura de jardinagem, Jhone […]

Arquivo Publicado em 31/10/2013, às 15h14

None
902892040.jpg

Jhone Aparecido de Souza Silva, de 29 anos, é um jardineiro que há 13 anos transforma, com suas hábeis mãos, simples árvores em uma bela exposição de criatividade. Seus trabalhos estão expostos em jardins de casas e comércios do município de Coxim, cidade a 243 quilômetros de Campo Grande.

Com uma tesoura de jardinagem, Jhone transforma uma fileira de pingos-de-ouro em palavras de amor e fé. Apesar de não ter uma religião específica, as palavras mais esculpidas pelo jardineiro são “Deus”, “Jesus”, “Fé” e “Mãe”.

Há quase dez anos as árvores cultivadas em frente a residência da aposentada Ubaldina Gomes da Silva, de 72 anos, localizada na rua Otacílio Severo dos Santos, ganha um novo visual após o desenho feito por Jhone. “Gosto quando ele escreve Deus na árvore isso alegra meu lar, as pessoas param para tirar fotos e perguntam quem é o artista” contou a aposentada.

Autodidata, ele explica que desenvolveu o gosto por esculpir em jardins há 13 anos, quando viu um trabalho semelhante em uma residência na Capital. Depois deste dia, foi gasto quase um ano para dar a mesma forma em um exemplar desenvolvido em sua própria casa.

A ideia de desenhar com as plantas nas empresas e casas surgiu por acaso e como uma opção aos simples e recorrentes desenhos em forma de bola encontrados na maior parte dos jardins que possuem pingo-de-ouro.

Em um posto de combustíveis localizado na BR-163 as criações de Jhone estão em toda parte, desde uma mensagem de “Feliz 2013” as margens da rodovia até uma árvore nos fundos da empresa.

A primeira condição para que a planta seja desenhada é que a copa esteja bem desenvolvida, “tem gente que não tem paciência para esperar a planta crescer em casa e já quer um nome ou um formato desenhado o quanto antes” explica o jardineiro.
Jhone conta que a inspiração vem assim que vê a planta, “quando o cliente não faz um pedido específico, deixo a ideia surgir e em seguida dou forma a ela”.

Bem humorado o jardineiro conta que no início foi comparado ao personagem do filme “Edward mãos de tesoura” lançado em 1990 e protagonizado pelo ator Johnny Depp.

O filme conta a história de um jovem que foi criado por um inventor maluco e que possui tesouras no lugar das mãos. “Na época aonde eu ia me chamavam de Edward mãos de tesoura, mas o tempo passou e pra minha sorte o apelido foi caindo no esquecimento e agora sou só Jhone jardineiro mesmo” finalizou ele.

Jornal Midiamax