Geral

Itens que teriam pertencido a vítimas do Holocausto da Segunda Guerra são encontrados à venda no eBay

Uma investigação feita por um jornal britânico fez com que o popular site de compra e venda eBay pedisse desculpas, e retirasse cerca de 30 itens à venda em sua página que teriam pertencido a vítimas do Holocausto da Segunda Guerra. O Mail on Sunday disse que havia encontrado ‘dezenas’ de itens relacionados ao Holocausto […]

Arquivo Publicado em 03/11/2013, às 11h30

None

Uma investigação feita por um jornal britânico fez com que o popular site de compra e venda eBay pedisse desculpas, e retirasse cerca de 30 itens à venda em sua página que teriam pertencido a vítimas do Holocausto da Segunda Guerra.


O Mail on Sunday disse que havia encontrado ‘dezenas’ de itens relacionados ao Holocausto no site na semana passada.


Entre eles estava um uniforme que teria pertencido a um padeiro polonês que morreu em Auschwitz à venda por US$ 18 mil (R$ 41 mil), disse o jornal.


O site de leilões on-line se desculpou e disse que tinha feito uma doação de US$ 40 mil (R$ 90 mil) para caridade.


O Mail on Sunday disse que outros itens listados incluíam sapatos e uma escova de dentes que teriam pertencido as vítimas dos campos de concentração, além de fitas com o desenho da Estrela de Davi que eram usadas para identificar os judeus.

Não permitido


O jornal disse que alertou o site e que este havia removido 30 itens que estavam à venda.


Segundo o Mail on Sunday, o eBay disse não saber há quanto tempo esses itens estavam anunciados em seu site.


“Lamentamos muito esses itens terem sido colocados à venda no eBay e estamos removendo-os.Nós não permitimos anúncios deste natureza. Temos milhares de funcionários trabalhando no policiamento do nosso site, e utilizamos o que há de mais recente em tecnologia para detectar itens que não deveriam estar à venda.”


Além de pedir desculpas, o eBay anunciu uma doação de US$ 40 mil (R$ 90 mil) para instituições de caridade.


Seis milhões de judeus foram mortos pelos nazistas e seus colaboradores durante o Holocausto da Segunda Guerra Mundial. Os nazistas também assassinaram e prenderam milhões de outros, incluindo ciganos, homossexuais e pessoas com deficiência.

Jornal Midiamax