Geral

Ingleses se revoltam contra herói de 1966 por “Grupo da Morte” em 2014

Geoff Hurst é o único jogador a marcar três gols em uma final de Copa do Mundo, e sempre acaba lembrado pelos ingleses como o herói do único título mundial do país, no torneio disputado em casa, em 1966. Mas o ex-atacante viu a fama subitamente mudar nesta sexta-feira: após sortear a Inglaterra no “Grupo […]

Arquivo Publicado em 06/12/2013, às 21h42

None

Geoff Hurst é o único jogador a marcar três gols em uma final de Copa do Mundo, e sempre acaba lembrado pelos ingleses como o herói do único título mundial do país, no torneio disputado em casa, em 1966. Mas o ex-atacante viu a fama subitamente mudar nesta sexta-feira: após sortear a Inglaterra no “Grupo da Morte” da Copa 2014, ele foi “atacado” por torcedores nas redes sociais.

Hurst foi o responsável por tirar a bolinha da Inglaterra para o Grupo D, que terá outros dois campeões mundiais: Uruguai e Itália. Quem completa a chave é a Costa Rica.

O ex-atacante é condecorado cavaleiro na Inglaterra, mas se depender de alguns torcedores, perderá a honraria. “Já podemos tirar a nobreza de Sir Geoff Hurst por ter nos sorteado neste grupo, aliás?”, brincou um fã. “Geoff Hurst, o que você fez!”, exclamou outro.

Houve até quem cogitasse uma teoria da conspiração: “alguém mais percebeu Geoff Hurst chacoalhando a bolinha algumas vezes enquanto andava para entregá-la?”, perguntou um internauta. Mas a maioria preferiu mesmo fazer piada: “eles acharam que tinha acabado, mas Geoff Hurst sorteou a Inglaterra no Grupo D, e aí acabou”.

Por fim, o próprio Hurst encarou a situação com bom humor. Em seu Twitter oficial, o ídolo inglês brincou: “espero que me deixem voltar ao país!”. A Inglaterra estreia contra a Itália, em Manaus, depois enfrenta o Uruguai, em São Paulo, e fecha a participação na primeira fase diante da Costa Rica, em Belo Horizonte.

Jornal Midiamax