Geral

Índios prometem reocupar prédio da Sesai caso coordenador não seja exonerado

De acordo com o presidente do conselho distrital de Saúde Indígena, Fernando Souza, os índios se manterão preparados para reocupar o prédio as Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), em Campo Grande, caso o coordenador da entidade, Nelson Carmelo, não seja exonerado. “Se não houver entendimento voltamos para cá”, promete. Depois de reunião no início […]

Arquivo Publicado em 08/10/2013, às 19h44

None
1441617221.jpg

De acordo com o presidente do conselho distrital de Saúde Indígena, Fernando Souza, os índios se manterão preparados para reocupar o prédio as Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), em Campo Grande, caso o coordenador da entidade, Nelson Carmelo, não seja exonerado. “Se não houver entendimento voltamos para cá”, promete.


Depois de reunião no início da tarde desta terça-feira (08) com os representantes do Ministério Público Federal (MPF), os índios decidiram desocupar o prédio com a promessa de que no próximo dia 15 o coordenador nacional interino da Sesai, Fernando Rocha, virá de Brasília paras dialogar com as lideranças indígenas sobre a situação.


Fernando avalia como positiva a ocupação de 20 dias do local. “A desocupação está ocorrendo porque abriram um canal de diálogo com o representante de Brasília. Três anos após a criação da secretaria, está será a primeira vez que alguém de lá vem conversar com a gente”, avalia.

Jornal Midiamax