Geral

Índios almoçam com Força Nacional, mas insistem em resistir a despejo em Aquidauana

Os militares da Força Nacional foram até à Fazenda Esperança, no distrito de Taunay, em Aquidauana. Apesar da recepção amistosa, os índios mantiveram a decisão de resistir a eventual tentativa de desocupação pelos policiais federais ou da Força Nacional. Eles estão na área desde o dia 30 de maio deste ano. O dono da fazenda […]

Arquivo Publicado em 28/06/2013, às 20h07

None
421280123.jpg

Os militares da Força Nacional foram até à Fazenda Esperança, no distrito de Taunay, em Aquidauana. Apesar da recepção amistosa, os índios mantiveram a decisão de resistir a eventual tentativa de desocupação pelos policiais federais ou da Força Nacional. Eles estão na área desde o dia 30 de maio deste ano.


O dono da fazenda já pediu apoio da Polícia Federal para despejar os moradores da aldeia.


“Vamos ficar e lutar até o final”, disse um dos guerreiros indígenas, segundo informações da Rádio Alternativa, de Aquidauana. Uma equipe da Força Nacional esteve na propriedade  e almoçou com os indígenas. Os militares tentaram negociar a saída pacífica dos índios.


 “Nossa missão aqui é trazer a pacificação”, garantiu o tenente Azevedo. Mesmo com o encontro, os índios afirmaram que não vão sair da propriedade.


Pedido


O advogado dos proprietários da fazenda, Niuton Ribeiro Chaves Junior esteve na tarde desta sexta na Justiça Federal, onde pediu apoio da Polícia Federal para cumprir a reintegração de posse. Somente a PF pode acionar a Força Nacional.


“Já era pra ter cumprido a reintegração ontem, mas como as coisas estão devagar, acho que deve ser cumprida só na próxima semana”, comentou o advogado.

Jornal Midiamax