Geral

Imprensa croata se divide entre preocupação e otimismo por grupo com Brasil

A imprensa da Croácia destaca neste sábado a honra que a seleção do país terá por abrir a Copa do Mundo de 2014 em jogo contra o Brasil, e as opiniões dos comentaristas esportivos locais se dividem entre o temor por estar no grupo do anfitrião ou o otimismo pelas chances de chegar às oitavas. […]

Arquivo Publicado em 07/12/2013, às 16h14

None

A imprensa da Croácia destaca neste sábado a honra que a seleção do país terá por abrir a Copa do Mundo de 2014 em jogo contra o Brasil, e as opiniões dos comentaristas esportivos locais se dividem entre o temor por estar no grupo do anfitrião ou o otimismo pelas chances de chegar às oitavas.


“Que drama! Croácia abre Copa com o Brasil, em seu grupo também estão México e Camarões”, diz o jornal “Jutarnji list”. “Espetáculo em São Paulo: Croácia inaugura a Copa com o Brasil”, afirma, por sua vez, o “Vecernji list”, “Brasil e Croácia abrem o Mundial”, destaca o “24 sata”..


Para o “Jutarnji list”, o sorteio trouxe à Croácia “a maior honra possível”, e o novo slogan dos torcedores croatas, “Croácia abre, Croácia fecha”, é um otimismo “sem comedimento”. A publicação considera, assim como muitos cronistas croatas, que conseguir uma das vagas do grupo A “não é uma missão impossível”.


“Ainda não posso acreditar que minha Croácia vai abrir a Copa com o meu Brasil”, disse à imprensa local o brasileiro Eduardo da Silva, que se naturalizou croata.


“É sabido que o Brasil sofre nas estreias. Além disso, tem grandes expectativas. Muitos já os veem, e provavelmente eles mesmos, com o título de campeão. Isso cria nervosismo e pressão adicionais, o que devemos aproveitar”, disse o jogador, nascido no Rio de Janeiro e que atua pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.


Ognjen Vukojevic, do Dínamo de Kiev, outro provável titular croata, considera que “se a Croácia atuar bem contra México e Camarões, tem chances de conseguir o segundo lugar” do grupo.


Já o zagueiro Josip Simunic se disse entusiasmado porque a Croácia estreará contra o Brasil.


“Não há nada mais bonito. Isso será algo precioso. O grupo é difícil, mas no campeonato não há adversários fáceis, e sempre é um prazer jogar contra os melhores”, opinou.

Jornal Midiamax