Geral

Idoso passa mal e ‘acareação’ para saber se tem irmão em Campo Grande é adiada

Possivelmente a emoção causada pela expectativa de reencontrar o irmão, que não vê há 70 anos, adiou o encontro que aconteceria na manhã desta quarta-feira (18) na delegacia de polícia da Vila Piratininga. José de 84 e Antônio de 87 anos estavam com encontro marcado para ver se têm pontos em comum em suas vidas […]

Arquivo Publicado em 18/12/2013, às 17h25

None

Possivelmente a emoção causada pela expectativa de reencontrar o irmão, que não vê há 70 anos, adiou o encontro que aconteceria na manhã desta quarta-feira (18) na delegacia de polícia da Vila Piratininga.

José de 84 e Antônio de 87 anos estavam com encontro marcado para ver se têm pontos em comum em suas vidas que comprovem que são os irmãos que nasceram em Caruaru-Pernambuco.

José, que mora em Coxim, a 242 quilômetros de Campo Grande, estava se dirigindo para a Capital e passou mal, não podendo completar a viagem, retornando ao seu local de origem.

Com isto, o encontro entre os possíveis irmãos ficou para a quinta-feira (19). Antônio vai deslocar-se à cidade do interior, acompanhado por familiares para se encontrar com José.

Segundo a policial Maria Campos, responsável por este encontro, existem 80% de possibilidades de os idosos serem irmãos, mas existem algumas dúvidas que precisam ser esclarecidas.

“É preciso termos 100% de certeza quanto ao parentesco por isso esse encontro em Coxim será fundamental. Estão indo filhos e netos que poderão clarear a memória dos dois”, afirmou a policial.

Jornal Midiamax