Geral

Hospital Regional dá alta sem diagnóstico para paciente e homem morre horas depois

Vítima foi para casa e em seguida passou mal, começou a vomitar sangue e o médico constatou o óbito. Há uma semana ele tentava um tratamento médico.

Arquivo Publicado em 31/03/2013, às 11h12

None

Vítima foi para casa e em seguida passou mal, começou a vomitar sangue e o médico constatou o óbito. Há uma semana ele tentava um tratamento médico.

Jesseclei de Almeida, 42 anos, foi encontrado morto por médicos da Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) na noite de ontem (30), em uma residência que pertence a sua irmã, na rua dos Pássaros, bairro Buriti, em Campo Grande.


Segundo o depoimento da sobrinha dele a polícia, a irmã de Jesseclei pediu por socorro no momento que viu a vítima passando mal e vomitando sangue. De imediato, eles ligaram para o socorro médico e estes ainda tentaram reanimá-lo, mas sem sucesso.


Ás 22h42, o médico plantonista Ricardo Miranda atestou o óbito. A sobrinha disse ainda que há uma semana Jesseclei se queixava de fortes dores abdominais, sendo que passou por um posto de saúde e esteve internado no Hospital Regional Rosa Pedrossian. Na ocasião, ele fez diversos exames, mas foi liberado pelos médicos para voltar para casa, mesmo sem saber o diagnóstico de Jesseclei.


O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, como morte a esclarecer e está sendo investigado.

Jornal Midiamax