Geral

Homem é suspeito de matar sogra com vários golpes de machado em Dourados

A indígena Rita Batista, de 50 anos, foi brutalmente assassinada a golpes de machado na Aldeia Bororó em Dourados. O crime aconteceu no quintal da casa da vítima e o principal suspeito é o genro, que está foragido. Segundo informações levantadas pela Polícia Civil no local, na noite de ontem a vítima estava com o […]

Arquivo Publicado em 14/02/2013, às 17h17

None

A indígena Rita Batista, de 50 anos, foi brutalmente assassinada a golpes de machado na Aldeia Bororó em Dourados. O crime aconteceu no quintal da casa da vítima e o principal suspeito é o genro, que está foragido.



Segundo informações levantadas pela Polícia Civil no local, na noite de ontem a vítima estava com o genro bebendo pinga na casa. E na manha desta quinta-feira, a filha de Rita chegou para visitar a mãe, quando encontrou ela caída no quintal da residência com a cabeça lesionada.



A força Nacional e lideranças da Aldeia foram comunicadas, e logo estiveram na casa da vítima. A polícia foi até a casa do pai do suspeito que também mora na aldeia, onde encontrou o machado utilizado no crime.



O pai do suspeito contou à polícia que na madrugada de ontem o filho chegou bastante alterado na residência, e que também tentou agredir a próprio pai.



A polícia tenta localizar o suspeito do crime que foi identificado como sendo Damásio ou Tato. Ele já tem passagens pela polícia e já cumpriu pena por homicídio, por ter matado uma mulher.


Jornal Midiamax