Geral

Gás de cozinha teve aumento de quase 700% em 17 anos

O preço do gás de cozinha no Pará teve um reajuste de quase 700% em 17 anos, segundo dados de uma pesquisa divulgada na manhã desta sexta-feira (15), pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos). A inflação no mesmo período foi de cerca de 287%. Atualmente, o preço do botijão de gás de […]

Arquivo Publicado em 01/07/2013, às 22h33

None

O preço do gás de cozinha no Pará teve um reajuste de quase 700% em 17 anos, segundo dados de uma pesquisa divulgada na manhã desta sexta-feira (15), pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos). A inflação no mesmo período foi de cerca de 287%. Atualmente, o preço do botijão de gás de 13 kg no Estado varia entre R$ 34,50 e R$ 48.

De acordo com a pesquisa do Dieese, que utilizou dados do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), em junho de 1994, início do plano real, o preço do botijão de 13 kg (somente o gás) custava em média R$ 5,10. Já em junho deste ano, em Belém, não sai por menos de R$ 40,25 (com os preços variando entre R$ 34,50 e R$ 45,00 nos os varios locais de venda). Com isso, em 17 anos de plano real, o reajuste no gás de cozinha em Belém chegou a 689,22%, contra uma inflação oficial de 287,36%.

Segundo os dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo), analisados pelo Dieese, no mês de junho, no Pará, o botijão de gás de cozinha de 13 kg foi comercializado em média a R$ 40,35, com o menor preço a R$ 34,50 e o maior a R$ 48,00, uma diferença entre o menor e o maior preço encontrado de cerca de 39,00%.

Jornal Midiamax