Geral

Garoto de 12 anos já foi apreendido 10 vezes por roubo e furto e corre risco de ser linchado

A Polícia Militar está vendo seu trabalho ir para o “ralo” no tocante a apreensão de menores infratores em Sidrolândia, pois desde o início do mês de março deste ano um pré-adolescente de apenas 12 anos de idade, foi capturado cometendo infrações e entregue a Delegacia de Policia Civil e posteriormente ao Conselho Tutelar por […]

Arquivo Publicado em 05/11/2013, às 15h12

None

A Polícia Militar está vendo seu trabalho ir para o “ralo” no tocante a apreensão de menores infratores em Sidrolândia, pois desde o início do mês de março deste ano um pré-adolescente de apenas 12 anos de idade, foi capturado cometendo infrações e entregue a Delegacia de Policia Civil e posteriormente ao Conselho Tutelar por 10 vezes. Somente na segunda-feira (4), o menor “Neguinho” como é conhecido, foi apreendido duas vezes cometendo furto a residências.


Ontem ele foi capturado cometendo furto em uma residência no Jardim Paraíso, o pré-adolescente foi encaminhado pela PM a Delegacia e logo foi solto. Horas depois foi novamente apreendido pela Polícia Militar no período da noite, após furtar uma centrífuga de uma residência na Rua Shoychi Arakaky.


Dias anteriores “Nequinho” foi o autor do roubo cometido a um senhor dentro do banheiro do Ginásio de Esporte Olegário da Costa Machado, mas a ficha do menor é extensa.


Dentre furtos e roubos o menor de 12 anos já foi pego praticamente em flagrante pela Polícia Militar 10 vezes desde que começou a sua carreira no mundo do crime no mês de março de 2013.


“Estamos aqui para combater o crime, mas neste caso específico deste menor infrator, ele esta correndo o perigo de a qualquer momento ser linchado por populares que já sabem de sua conduta” disse um Policial Militar.


Segundo informações de populares, a integridade física do menor V.B.M de 12 anos esta correndo perigo, “Conselho Tutelar de Sidrolândia não demonstrou interesse em proteger este menino, pois se realmente estivesse interessado em fazer aquilo que lhe compete, ele já teria sido recolhido das ruas” disse uma das vítimas do garoto.


UM FATO PREVISTO PELO MAJOR RIOS


O ex-comandante da Polícia Militar de Sidrolândia, Major Rios, informou através de entrevista em emissora de rádio em setembro de 2010, que problemas com menores no município se tornariam pesadelo para as autoridades policiais.


Segundo Rios, os menores infratores são sempre os mesmos e devido à proteção da Justiça, são devolvidos a sociedade.


Major Rios informou na época, que a população teria que cobrar providências emergenciais das autoridades para que se tomem as devidas providências sobre o assunto.

Jornal Midiamax